Páginas

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

ADempiere: Banco de Dados

Como uma aplicação de software em geral, o banco de dados é também fundamental ao ADempiere. No entanto, a relação da aplicação com o banco de dados talvez seja mais profunda do que outras aplicações, como explicarei mais adiante. Antes vale a pena comentar sobre o histórico do ADempiere.

O sistema original, Compiere, foi desenvolvido por um ex-funcionário da Oracle. Segundo algumas publicações, Jorg Janke tinha um  cargo de liderança na Oracle. Independente disso, o fato do pai da aplicação ter saído da empresa responsável pelo principal sistema gerenciador de banco de dados do mundo talvez explique essa relação da aplicação com o banco de dados.

Apenas das várias melhorias e novos módulos introduzidos no ADempiere, o core da aplicação ainda é parecidíssimo com o Compiere. E nem poderia ser diferente visto a grande ferramenta que o Compiere é. Algumas pessoas podem questionar de quais funcionalidades estamos falando. Mas na verdade me refiro ao fato de que a própria aplicação é construída por ela mesma, na maior parte das funcionalidades. E aí está a principal ligação do ADempiere com o banco de dados.

Além dos dados de transações, como pedidos, clientes, produtos, etc, o banco de dados da aplicação contém definições da própria aplicação. Por exemplo: todas as janelas (não formulários, mas explicarei a diferença futuramente) são definidas dentro de tabelas do banco de dados. Isso quer dizer que cada campo e suas características (tipo, tamanho, se é obrigatório ou não, etc) é definido como um registro do banco de dados.

Isso vale para os demais elementos do sistema, como janelas, relatórios, abas, tipos de dados, etc. A grande sacada do JJ foi criar uma aplicação que monta as janelas dinamicamente a partir do que está definido no banco de dados. Para quem conhece banco de dados, recomendo uma olhada nas tabelas AD_Window, AD_Tab, AD_Field, por exemplo.

Por conta dessa relação com o banco de dados, fica fácil perceber a importância de se ter um banco de dados que seja rápido em um servidor igualmente rápido. Além de uma rede interna (ou externa se o banco de dados estiver localizado fora) bem rápida.

Claro que não entro do mérito de PostgreSQL ou Oracle. Ou do recém incluído MySQL. Independente  do gerenciador de banco de dados, uma administração eficiente do banco de dados é fundamental para bom uso da aplicação.

Quer aprender mais? Acesse http://cursoadempiere.conceptia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se desejar contato, coloque seu email por favor.